GOL fecha acordo com governo para aumentar voos em MG

Conforme o comunicado, a malha da GOL passará a contar com dez novos destinos, sendo sete nacionais, um regional, e dois internacionais

São Paulo – A GOL Linhas Aéreas Inteligentes e o Governo de Minas Gerais firmaram nesta quarta-feira, 3, protocolo de intenções para ampliar a oferta de voos comerciais no estado em mercados regionais, nacionais e internacionais, informou a companhia aérea.

Conforme o comunicado, a malha da GOL passará a contar com dez novos destinos, sendo sete nacionais, um regional, e dois internacionais, além da companhia reforçar as operações com o aumento de frequências.

O evento de assinatura do protocolo contou com as presenças de Paulo Sérgio Kakinoff, presidente da GOL; Celso Ferrer, diretor-executivo de Planejamento da companhia; o governador do Estado de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rogério Neri; e Thiago Lacerda, secretário do Turismo e Esportes de Minas Gerais.

“A GOL sempre investiu e acreditou em Minas Gerais, tanto é que escolhemos o estado para a instalação do nosso Centro de Manutenção de Aeronaves, o maior da América Latina. O próprio Aeroporto de Confins é hoje uma das nossas principais bases do país”, diz Celso Ferrer, diretor-executivo de planejamento da GOL, na nota.

Ainda de acordo com o comunicado, a GOL iniciará operações para Punta Cana, na República Dominicana, com início dos voos em 24 de dezembro.

As frequências sem escala serão às terças (Aeroporto Internacional de Punta Cana – Confins) e às quartas-feiras (Confins – Punta Cana).

A companhia também passará a oferecer voos saindo das cidades de Montes Claros (região Norte de Minas), Uberlândia (Triângulo Mineiro) e Juiz de Fora (Zona da Mata).

A GOL diz ainda, na nota, que os voos entrarão em operação após a aprovação dos pedidos já protocolados junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Ministério da Defesa, como também pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A previsão é que todos os voos nacionais comecem a operar até o final do primeiro trimestre de 2015.

A companhia aérea ressalta também que o Aeroporto Internacional de Confins é atualmente o 5º maior do Brasil, com uma movimentação anual de 11 milhões de passageiros por ano, e uma das bases mais importantes para a GOL.

“As perspectivas são de que a ampliação da oferta de voos leve o aeroporto a aumentar sua participação no mercado nacional e ser um novo portão de embarque para os clientes da GOL em rotas regionais e internacionais”, acrescenta a empresa, no comunicado.