GM faz recall de 1 milhão de carros na China

O recall envolve seu pequeno modelo Baojun, muito popular no mercado chinês

A General Motors e seus parceiros na China vão fazer o recall de cerca de 1 milhão de veículos por um problema no tanque de combustível, anunciou a autoridade reguladora chinesa nesta sexta-feira (1).

Nos últimos meses, diversas fabricantes de carros chinesas também fizeram recalls.

A GM e suas parceiras SAIC e Wuling Automobile farão o recall de 938.686 veículos a partir desta sexta, de acordo com a Administração Geral Chinesa de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena.

O recall envolve seu pequeno modelo Baojun, muito popular no mercado chinês, que impulsionou as vendas da GM no país nos últimos trimestres.

“Devido a um defeito de um fornecedor, as mangueiras de ventilação de alguns tanques de combustível vão se partir e abrir com o uso a longo prazo”, afirmou a reguladora. “É um risco escondido”.

O recall vai convocar modelos de Baojun 2014, 2015 e 2016, e as peças com defeito serão substituídas gratuitamente.

Em setembro, a General Motors e a SAIC fizeram o recall de mais de 2,5 milhões de veículos na China por preocupações sobre airbags fabricados pelo gigante japonês Takata.