GM anuncia mais um recall para reforçar crise

Cerca de 56.000 unidades do modelo Cadillac SRX vão precisar passar por reparos – maioria dos carros está nos EUA

São Paulo – A General Motors anunciou mais um recall para suas estatísticas.  A montadora, que vem enfrentado uma das maiores crises de imagem por ter ignorado um defeito que pode ter causado centenas de vítimas nos Estados Unidos, fará agora reparos em 56.400 carros modelo Cadillac SRX.

Mais de 50.000 unidades do SRX convocados para recall estão nos Estados Unidos, as outras unidades estão espalhadas entre o México e o Canadá.

O reparo será feito em um dos sistemas que está atrasando em até quatro segundos a  aceleração dos modelos produzidos entre maio de 2012 e junho de 2013.  

Os recalls do ano

Em fevereiro, a montadora americana anunciou um recall envolvendo pelo menos 1,6 milhão de carros por problemas na ignição, todos produzidos nos Estados Unidos. Em março, a GM afirmou que mais 1,5 milhão de veículos precisariam passar por reparos.  

A convocação mais recente engloba cerca de 1,2 milhão de veículos esportivos utilitários, dos modelos Buick Enclave e GMC Acadia, ambos fabricados entre 2008 e 2013, além do Chevrolet Traverse dos anos de 2009 a 2013 e Saturn Outlook de 2008 a 2010.

Outros 64.000 modelos da Cadillac XTS, fabricados entre o ano passado e este ano, e 303.000 Chevrolet Express e GMC Savana, produzidos desde 2009, também precisam de reparos.

Custos

No primeiro trimestre, a GM contabilizou custos extras de 1,3 bilhão de dólares por conta dos recalls.  No período, o lucro da montadora caiu 85%, totalizando 125 milhões de dólares.