GJP, de Guilherme Paulus, ganha primeiro hotel em São Paulo

Rede vai administrar hotel hoje dirigido pelo Blue Tree na zona sul da capital

São Paulo – A GJP, rede de hotéis fundada por Guilherme Paulus, conquistou seu primeiro empreendimento na cidade de São Paulo. A empresa vai administrar um hotel que pertence a um grupo de investidores e que, atualmente, é dirigido pelo Blue Tree.

O hotel, hoje conhecido como Blue Tree Premium Berrini, terá seu nome trocado para Prodigy Grand Hotel & Suites Berrini – São Paulo. Será o terceiro hotel brasileiro com a bandeira Prodigy. O edifício é um flat com 188 apartamentos e era administrado pelo Blue Tree havia 12 anos.

Além da GJP, a concorrência pela gestão do hotel atraiu as redes Meliá, Atlântica e o próprio Blue Tree.

A GJP assumirá o negócio em 21 de fevereiro, com um contrato de quatro anos, passível de renovação. Com este contrato, a GJP chega ao seu 16º hotel. Sua meta é estar entre as cinco maiores redes hoteleiras do país em cinco anos. A atual líder do mercado e a Accor, com 150 empreendimentos.

Guilherme Paulus é mais conhecido por fundar a CVC, maior agência de viagens do país, em parceria com Carlos Vicente Cerchiari (as iniciais de seu nome batizaram a empresa). Em janeiro de 2010, Paulus vendeu o controle da CVC ao Carlyle Group.