Gerdau vê perspectiva no Brasil ainda desafiadora

Grupo siderúrgico projeta a retomada da economia brasileira apenas em 2018 diante de um cenário interno ainda desafiador

São Paulo – O grupo siderúrgico Gerdau vê a retomada da economia brasileira apenas em 2018 diante de um cenário interno ainda desafiador e que motiva a companhia a manter postura de priorizar investimentos mais rentáveis e de redução de índices de endividamento.

“Vemos sinais positivos no Brasil, pequenos, que tendem a indicar uma retomada da economia mais para 2018, mas isso não afeta nossa decisão de investimento” que é de manutenção do nível de 1,3 bilhão de reais de 2016, afirmou o presidente-executivo da companhia, Andre Gerdau Johannpeter.

O executivo comentou ainda, durante teleconferência com jornalistas, que a perspectiva de investimento da companhia em 2018 deve ser semelhante ao que será desembolsado em 2017.

A companhia divulgou mais cedo queda de 20 por cento no lucro líquido ajustado do segundo trimestre sobre o mesmo período do ano passado, a 147 milhões de reais, pressionada pela fraqueza no mercado de aços longos no Brasil e redução de exportações.