Gerdau iniciará vendas de aços planos no Brasil em semanas

Segundo CEO, companhia deve iniciar nas próximas semanas as vendas de aços planos produzidos por sua usina em Minas Gerais

São Paulo – A Gerdau, maior produtora de aços longos das Américas, deve iniciar nas próximas semanas as vendas de aços planos no país produzidos por sua usina em Minas Gerais, afirmou nesta terça-feira o presidente-executivo da companhia, André Gerdau Johannpeter.

O executivo disse após evento do setor siderúrgico que o laminador de bobinas a quente instalado na usina de Ouro Branco (MG) está em fase final de testes.

“Estamos para comercializar bobina a quente, estamos terminando vários testes e vamos entrar em comercialização nas próximas semanas”, disse Gerdau.

O laminador de bobinas a quente da Gerdau tem capacidade de produção de 800 mil toneladas por ano e marcará a entrada da empresa num segmento atendido no Brasil atualmente por CSN, Usiminas e ArcelorMittal.

A entrada em operação do equipamento tem passado por atrasos em relação a cronogramas anteriores da empresa. A previsão inicial da Gerdau era começar a operação do laminador até o final do primeiro trimestre, mas o prazo foi adiado para agosto.

Gerdau evitou falar em volumes de vendas de laminados planos, mas afirmou que a quantidade prevista para este ano “é relativamente pequena”. No início do ano, o executivo previu vendas entre 300 mil e 350 mil toneladas em 2013.

O presidente da Gerdau afirmou que atualmente o nível de utilização de capacidade produtiva da companhia em aços longos no Brasil está em cerca de 78 por cento e que nos Estados Unidos a taxa está em 65 por cento.