Gênero nas empresas

As empresas brasileiras ainda estão longe de alcançar a igualdade de gênero, e os próprios gestores reconhecem o problema. A Câmara Americana do Comércio (Amcham) realizou pesquisa com 350 diretores e executivos de empresas durante o Seminário de Empoderamento da Mulher, realizado em 25 de outubro, em São Paulo. A discrepância no tratamento de homens e mulheres nas companhias é reconhecida por 76% dos entrevistados. Para 80%, a diferença mais grave é em relação à escolha das lideranças. Confira, abaixo, o resultado da pesquisa e quais os maiores desafios de gênero nas empresas.