Fundo da Noruega remove Petrobras de lista de empresas sob observação

Estar em observação, significa que a empresa pode enfrentar eventuais corte de investimentos devido a problemas internos

Oslo — O fundo soberano da Noruega, que administra 1 trilhão de dólares, removeu a estatal brasileira de petróleo Petrobras de uma lista de empresas sob observação para eventuais corte de investimentos devido a preocupações éticas, disse o banco central do país nesta terça-feira (3).

A Petrobras havia sido colocada sob observação em 2016, devido a riscos relacionados a corrupção.

O Conselho de Ética do fundo avaliou que o risco de corrupção na Petrobras foi agora reduzido, afirmou o banco central, que administra o fundo.

“Essa avaliação é baseada, entre outras coisas, no acordo legal fechado junto a autoridades norte-americanas, que confirma que a Petrobras implementou amplas medidas de melhoria desde o início das investigações em 2014”, disse.