Funcionários da Lufthansa anunciam paralisação de uma semana

A paralisação ocorre após funcionários e empresa não chegarem a um acordo sobre aposentadorias

Frankfurt – Os comissários de bordo da companhia aérea alemã Lufthansa anunciaram nesta quinta-feira que vão fazer uma greve de uma semana, a partir de amanhã. A paralisação ocorre após funcionários e empresa não chegarem a um acordo sobre aposentadorias.

“As últimas tentativas de negociações falharam. A greve é inevitável”, informou o sindicato da categoria, UFO, por meio de um comunicado. A paralisação dos comissários deve começar às 9h, no horário de Brasília.

A Lufthansa e o sindicato estão negociando há dois anos sobre questões trabalhistas. A companhia alemã passa por um momento de contenção de gastos e já havia tentado uma mediação no início deste ano, sem sucesso.

A companhia segue em disputa com outros sindicatos, ao mesmo tempo em que tentar enfrentar a concorrência das companhias de baixo custo e operadoras do Oriente Médio.

Os pilotos e a empresa também têm entrado em desacordo sobre pensões e a estratégia no mercado de companhias de baixo custo.

Uma greve em setembro marcou a 13ª paralisação em 18 meses na Lufthansa. Só neste ano, as paralisações custaram aos cofres da empresa US$ 142 milhões.