Funcionários da Latam no Peru farão greve durante a Copa

O protesto de 200 trabalhadores da unidade local da Latam, a Lan Peru interromperá todos os voos da companhia aérea no país

Lima - Os funcionários de manutenção da companhia aérea <strong><a href="">Latam Airlines</a></strong> no Peru entrarão em greve em 26 e 27 de junho, datas de alto tráfego devido à <strong><a href="">Copa do Mundo</a></strong> de futebol no Brasil, para pressionar por maiores salários, disse um líder sindical nesta quinta-feira.</p>

Oscar Angosto disse que o protesto de 200 trabalhadores da unidade local da Latam, a Lan Peru, interromperá todos os voos da companhia aérea no país e que trabalhadores em outros países também entrarão em greve. A Copa do Mundo começou nesta quinta-feira e termina em 12 de julho.

“Se não houver solução, esta não será a única greve”, disse Angosto. “Haverá greve em toda a América do Sul.” O sindicato local de pilotos disse que não vai se unir à greve.

O ministro do Trabalho peruano autorizou as datas das greves e está tentando mediar uma solução, disse Angosto, acrescentando que os trabalhadores exigem aumento de 6 por cento ante exigência anterior de reajuste de 50 por cento.

Representantes da LAN Peru não puderam ser imediatamente contatados nesta quinta-feira.