Funcionários da Foxconn vão eleger representantes sindicais

A fim de melhorar as condições de trabalho de seus empregados, companhia asiática vai permitir representantes que defendam os interesses dos trabalhadores nos sindicatos

São Paulo – A Foxconn, empresa que produz os iPhones e iPads da Apple na China, deu mais um passo para melhorar as condições de trabalho de seus funcionários. A companhia anunciou que vai permitir que os trabalhadores elejam membros para representá-los nos sindicatos da categoria. Hoje,muitos dos sindicatos na China são controlados pelas próprias empresas.

Segundo a companhia, a iniciativa faz parte dos esforços da Foxconn de implementar seu plano de ação para melhorar o ambiente de trabalho de seus colaboradores.  Um dos maiores clientes da Foxconn é a Apple, que vem cobrando medidas eficazes da empresa asiática sobre o assunto.

No passado, dezenas de trabalhadores da companhia cometeram suicídio dentro das unidades da própria empresa  Em 2012, a Foxconn já tinha anunciado que iria aumetar significativamente os salários de seus funcionários da fábrica de Taiwan. Somente essa unidade emprega cerca de 10.000 pessoas.

Na China, a maior fabricante mundial de componentes eletrônicos possui mais de 1 milhão de colaboradores.