Funcionário eleito para conselho quer autonomia da Petrobrás

Funcionário da estatal há 26 anos, Silvio Sinedino foi eleito para representar os demais trabalhadores no Conselho, a partir de abril

São Paulo – Funcionário da Petrobras há 26 anos, Silvio Sinedino, também presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobras (Aepet), ganhou o direito de ocupar uma cadeira no conselho de administração da petroleira. Sua missão será representar os funcionários da estatal entre 2014 e 2015.

E, ao que tudo indica, ele quer deixar claro os funcionários da companhia não compactuam com a ideia de que as decisões da empresa teriam de estar totalmente alinhadas às decisões do Governo Federal.

“Existem ainda entre os petroleiros uma série de companheiros que mantém ilusões de que uma atuação vinculada ao governo federal seja benéfica aos trabalhadores”, segundo informações divulgadas na Aepet. “Mas aos poucos esta situação está sendo modificada pela postura coerente das lideranças que mantém sua independência de partidos políticos, governos e patrões”.

Silvio venceu o outro candidato, José Maria Rangel, por uma diferença pequena de 115 votos – Sinedino obteve 7.687 votos contra 7.572 dados a Rangel.

Hoje o conselho da Petrobrás é formado por dez membros, sete indicados pelo governo, um pelos acionistas minoritários de ações minoritárias, um pelos acionistas de ações preferenciais e um pelos empregados.

A posse do novo conselheiro acontecerá depois da eleição formal do candidato indicado na assembleia geral dos acionistas, prevista para abril.