Altice faz oferta de 10 bilhões de euros por rival Bouygues

De acordo com fonte, acordo poderia enfrentar duros obstáculos regulatórios, já que reduziria o número de operadores de telefonia na França de quatro para três

Paris – A empresa de telecomunicação francesa Altice fez uma oferta de quase 10 bilhões de euros pela rival Bouygues Telecom, segundo uma pessoa com conhecimento do assunto. O acordo poderia enfrentar duros obstáculos regulatórios, já que reduziria o número de operadores de telefonia na França de quatro para três.

A Altice, que é controlada pelo magnata francês Patrick Drahi, teria feito a oferta pela Bouygues há dez dias. O acordo incluiria a fusão das operações da Altice na França, por meio da empresa Numericable-SFR, com a Bouygues. A controladora da Bouygues deve avaliar a proposta esta semana, mas não está claro se o acionista majoritário, Martin Bouygues, aceitaria o acordo.

O negócio põe Drahi novamente no centro do palco da indústria francesa de telecomunicações, pouco mais de um ano após ele ter desbancado Bouygues e comprado a unidade da Vivendi no país, chamada SFR. Nos últimos meses o governo francês tem indicado que se oporia a novos acordos que reduzam a competição no setor.

O ministro da Economia da França, Emmanuel Macron, alertou neste domingo que as empresas deveriam pensar em gerar empregos e renda, não em fusões. “As consequências da consolidação são negativas nesse aspecto, como demonstram vários casos recentes na Europa. Não é o momento adequado para fusões oportunistas, que poderiam beneficiar algumas poucas pessoas, mas não são de interesse do povo”, afirmou.