“Fox News” deixará de ser transmitida no Reino Unido

A decisão de retirar o canal é divulgada depois que a 21st Century Fox chegou a um acordo para adquirir 100% do grupo Sky por 12,5 bilhões de euros

Londres – A empresa do magnata Rupert Murdoch, 21st Century Fox, anunciou nesta terça-feira o fim das transmissões da emissora de notícias americana “Fox News” no Reino Unido por falta de “interesse comercial”.

O canal, com apenas 2.000 espectadores diários no Reino Unido, “está centrado no mercado americano e desenvolvido para as audiências dos Estados Unidos”, argumentou uma porta-voz da companhia.

A “Fox News” podia ser sintonizada nas ilhas britânicas há 15 anos através da plataforma televisiva do grupo Sky.

A decisão de retirar o canal de notícias é divulgada depois que a 21st Century Fox chegou em dezembro a um acordo para adquirir 100% do grupo Sky por 12,5 bilhões de euros.

A operação provocou preocupação no governo do Reino Unido por uma possível falta de pluralidade no setor da comunicação, segundo indicou a ministra de Cultura e Meios de Comunicação britânica, Karen Bradley.

Através do conglomerado News Corp, Murdoch já controla os jornais britânicos “The Times”, “The Sunday Times”, “The Sun” e a emissora de rádio “TalkSport”.

O Executivo do Reino Unido deve decidir em breve se inicia uma investigação sobre a operação na Comissão da Competência (CC), o que poderia atrasar em vários meses a aprovação da compra por parte do grupo americano.