Ford tem quatro modelos investigados nos EUA após incidentes

A investigação abrange quase 725.000 unidades, cobrindo os modelos de 2009 a 2011 dos Ford Escape e Fusion, assim como o Mercury Mariner e o Milan

Nova York – A agência reguladora de segurança no trânsito dos Estados Unidos investiga quatro modelos de automóveis Ford após denúncias sobre uma repentina diminuição da potência do motor.

A investigação abrange quase 725.000 unidades, cobrindo os modelos de 2009 a 2011 dos Ford Escape e Fusion, assim como o Mercury Mariner e o Milan, segundo nota publicada no site da National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA).

“Os consumidores reportaram incidentes sobre uma insuficiência no corpo da válvula eletrônica reguladora durante a direção, o que provoca uma redução repentina da potência do motor”, destaca a agência americana.

A investigação foi decidida após a formulação de cerca de 1.500 denúncias por usuários dos veículos Ford. Os problemas ocasionaram três incêndios e um acidente com feridos, informou a NHTSA.

A investigação começou quando o Conselho de Consumidores do estado de Carolina do Norte contactou a NHTSA com informes de duas denúncias.

Um porta-voz da Ford afirmou que a empresa cooperará com a agência.