Ford lança Fusion primeiro híbrido completo do Brasil

Como parte da estratégia de sustentabilidade, o modelo Fusion Hybrid chega às concessionárias em novembro

São Paulo – A partir da próxima semana, as 420 concessionárias da Ford colocarão à venda um dos principais lançamentos da montadora: o Fusion Hybrid. O campeão de vendas da categoria nos Estados Unidos chega ao Brasil para reforçar a estratégia da Ford que pretende investir em novas tecnologias e na sustentabilidade.

Em meados do ano, a Mercedes-Benz lançou, no país, o modelo S 400 Hybrid. A diferença para o Ford Fusion está na função do motor elétrico. No veículo da Mercedes, trata-se de um complemento ao motor à combustão, sem capacidade para deslocá-lo sozinho. Já no carro da Ford, o motor elétrico pode movimentá-lo sozinho a uma velocidade de até 75 quilômetros por hora.

O Fusion Hybrid promete gastar até 30% menos combustível do que um carro popular. E de popular, o Hybrid não tem nada. A montadora vai importar os modelos (o número não é divulgado) e quem quiser comprar o mimo terá de desembolsar 133.900 reais.

“O aspecto da sustentabilidade é cada vez mais importante para nós, por isso decidimos trazer esse modelo ao Brasil”, disse a EXAME.com Marcos de Oliveira, presidente da Ford para o Mercosul. Além da Ford, a alemã Volkswagen também trará a tecnologia híbrida ao Brasil a partir de 2011 em seu carro Touareg.

Novos modelos

O lançamento do Hybrid marca também o empenho da empresa na renovação de portfólio – a saída encontrada para aumentar a participação de mercado que hoje gira em torno de 10,3%. “Até 2013, teremos muitos lançamentos e relançamentos”, diz Oliveira, novamente fazendo sigilo sobre números. Se o modelo híbrido realmente pegar, a Ford investirá também em carros elétricos, adianta o executivo.

Segundo o executivo, a Ford baseia sua estratégia numa ampla oferta de modelos, desde os compactos até caminhões, além da renovação de carros consagrados, como o Ka e o Fiesta – que teve sua versão apresentada no Salão. A Ford estuda também uma nova família de caminhões, a ser lançada em breve.

Na 26ª edição do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, a Ford apresentou os quatro pilares que guiarão a empresa: criatividade, sustentabilidade, qualidade e segurança.

Expansão

Para se ter uma ideia da força do mercado brasileiro, neste ano a empresa completou 26 trimestres consecutivos de lucro e fez do país o terceiro maior mercado da Ford, atrás apenas dos Estados Unidos e do Reino Unido.

Até 2015, serão investidos 4,5 bilhões de reais no país para a modernização de fábricas, aumento da capacidade produtiva, novas tecnologias e produtos. A Ford está investindo 600.000 reais para dobrar a capacidade da fábrica de motores de Taubaté (SP), atingindo a marca de 500.000 por ano.

Em agosto, a Ford anunciou a fabricação da nova família do Ecosport, que será produzida com engenharia brasileira e será vendida globalmente. Hoje, são 1.200 profissionais que trabalham para desenvolver os modelos da companhia. O país conta ainda com um centro de desenvolvimento da Ford em Camaçari (BA) – um dos cinco da empresa no mundo.