Ford abre programa de demissão voluntária na Bahia

A montadora atribuiu a escolha à "significativa desaceleração do mercado automotivo", que resultou em uma queda no volume produzido pela fábrica

São Paulo – A Ford informou nesta segunda-feira, 14, que decidiu abrir um Programa de Demissão Voluntária (PDV) para os empregados da área de produção da fábrica da montadora em Camaçari, na Bahia, entre os dias 4 e 15 de janeiro de 2016.

Segundo a empresa, esta medida “tem o objetivo de adequar o excedente da força de trabalho decorrente do encerramento do turno da noite desta unidade a partir de março de 2016”.

A decisão de encerrar o terceiro turno da unidade foi tomada no fim de novembro.

A montadora atribuiu a escolha à “significativa desaceleração do mercado automotivo”, que resultou em uma queda no volume produzido pela fábrica.

A unidade de Camaçari conta hoje com 4.712 trabalhadores e tem capacidade para produzir 250 mil veículos por ano.

O encerramento da produção no terceiro turno vai afetar cerca de 2 mil trabalhadores, entre funcionários da própria Ford e de fornecedores.