Ford abre programa de demissão voluntária em fábrica na Bahia

A fábrica em Camaçari emprega cerca de 9 mil trabalhadores diretos e indiretos e produz o compacto Ka e o utilitário Ecosport

SÃO PAULO – A Ford anunciou nesta terça-feira abertura de programa de demissão voluntária para a fábrica de veículos em Camaçari (BA), onde identificou no início do ano excedente de cerca de 700 trabalhadores.

O programa receberá adesões até 26 de abril, informou a Ford em comunicado à imprensa, sem revelar total de funcionários que a medida pretende envolver. “Essa medida tem como objetivo adequar o excedente da força de trabalho à atual demanda de mercado”, afirmou a Ford.

Segundo dados do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, a fábrica da Ford na cidade baiana emprega cerca de 9 mil trabalhadores diretos e indiretos em três turnos. A unidade produz o compacto Ka e o utilitário Ecosport.

No primeiro trimestre, o Ka teve vendas de cerca de 24 mil unidades, praticamente estável sobre o volume comercializado um ano antes. Já o Ecosport teve vendas de 7,6 mil unidades no período ante 7 mil no primeiro trimestre de 2018, segundo dados da associação de concessionários de veículos, Fenabrave.

A Ford anunciou em fevereiro que vai fechar sua fábrica em São Bernardo do Campo (SP) até o final do ano. A unidade poderá ser vendida ao grupo Caoa.