Fitch corta rating do Itaú para BB; perspectiva fica estável

A agência citou a recente decisão de reduzir a nota do Brasil em um grau para BB-

São Paulo – A agência de classificação de risco Fitch cortou de “BB+” para “BB” a nota do Itaú Unibanco, citando a recente decisão de reduzir a nota do Brasil em um grau para BB-. A agência definiu perspectiva estável para o rating do maior banco privado do país.

Segundo a Fitch, o Itaú continua “com perfil de crédito muito forte, adequada capacidade de absorção de perda, alta liquidez e base de recursos estável e diversificada” e que o banco “será capaz de lidar com deterioração adicional do ambiente operacional”.

A Fitch cortou a nota do Brasil em 23 de fevereiro, definindo perspectiva estável. A agência citou na ocasião a situação fiscal do país e o que chamou de “importante retrocesso” na agenda de reformas após o governo do presidente Michel Temer ter desistido de votar a reforma da Previdência.