Filosofia de bordo

Uma biografia do Comandante Rolim

Poucos homens de negócios no Brasil criaram um estilo próprio tão marcante quanto Rolim Adolfo Amaro, o piloto de aviões que alçou um longo vôo de empresário, até morrer, há pouco mais de dois anos, num acidente de helicóptero. Contumaz criador de frases de efeito, com as quais propagava desde sua visão de mundo até sua receita de prosperidade, Rolim foi um caso exemplar de homem humilde que soube vencer obstáculos: ele ergueu a TAM, transformou-se com a empresa, soube tourear um mercado extremamente regulado, enfrentou baques dramáticos, como o acidente que matou 99 pessoas, em 1996, criou um estilo peculiar de gestão, encarnou como ninguém o marketing de seu negócio… e deixou, como legado, uma grande companhia aérea nacional, uma coleção de anedotas sobre seu modo de administrar e algumas lições válidas para qualquer empresa que acredite que a satisfação dos clientes é o melhor caminho para o lucro.

Essa história está contada na biografia lançada no último dia 9, O Sonho Brasileiro — Como Rolim Adolfo Amaro Criou a TAM e Sua Filosofia de Negócios, escrita pelo jornalista Thales Guaracy e publicada pela editora A Girafa. Veja, ao lado, alguns dos melhores exemplos da filosofia roliniana.

Nas asas de Rolim

“Para ganhar credibilidade, é preciso uma interminável série de ações corretas diariamente.

Para perdê-la, basta um erro.”

“O caminho para o sucesso não é fazer uma coisa 100% melhor, mas fazer 100 coisas 1% melhor.”

“Procure caracterizar sempre a estabilidade na empresa; o medo do desemprego é mau companheiro.”

“Se a crise vier, e ela está sempre por perto, não dispense pessoas.

Coloque-as para vender.”

“Não existe plano sem metas; as metas devem ser balizadas; superá-las é executar o plano.”

“Lembre-se de que aquilo que o cliente vê vale mais do que o que você fala.”

“O pior tipo de cliente é o cliente silencioso. Esse não costuma ser fiel a nada. Nós queremos que o cliente interaja conosco, nos escreva, nos critique.”

“O limite do nosso crescimento deve ser a qualidade dos nossos serviços.”

“O erro é produto da realização, e a correção do erro é produto da humildade e da inteligência.”

“Quando você diz não a uma proposta, não está priorizando o produto.

Quando não responde, não está priorizando as pessoas.”

“Nunca faça nenhuma surpresa, para não ser surpreendido.”

“Quem não tem inteligência para criar tem de ter coragem para copiar.”

“O sucesso traz a arrogância, e a arrogância traz o insucesso.”

“Na correta administração do risco é que está a verdadeira sabedoria do empreendedor.”

“É conveniente comunicar os feitos da empresa como se fossem a razão máxima da sua vida.”

“Se não existir uma vantagem competitiva, não dê início a nenhuma competição.”

“Quando você vê sua obra, entende as suas raízes.”