Fibria registra lucro de R$ 745 mi no 2º trimestre

O Ebitda ajustado recuou 20% de abril a junho deste ano contra igual intervalo de 2015, de R$ 1,157 bilhão para R$ 925 milhões

São Paulo – A Fibria registrou lucro líquido de R$ 745 milhões no segundo trimestre de 2016, o que representa um crescimento de 21% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado recuou 20% de abril a junho deste ano contra igual intervalo de 2015, de R$ 1,157 bilhão para R$ 925 milhões.

A margem Ebitda pro-forma, que exclui a venda de celulose proveniente do contrato com a Klabin, foi de 50% para 43%. Segundo o informe de resultados da empresa, o recuo do Ebitda ocorreu devido ao menor preço médio líquido em reais.

De abril a junho deste ano, a receita líquida subiu 3%, para R$ 2,386 bilhões. O resultado financeiro ficou positivo em R$ 1,095 bilhão, ante um valor também positivo de R$ 321 milhões no segundo trimestre de 2015.

Semestre

No acumulado dos seis primeiros meses de 2016, a Fibria registrou lucro líquido de R$ 1,723 bilhão, um número 35 vezes superior ao lucro de R$ 48 milhões acumulado no primeiro semestre de 2015.

O Ebitda ajustado de janeiro a junho deste ano ficou estável, passando de R$ 2,164 bilhões para R$ 2,179 bilhões, com margem Ebitda de 50% para 48%.

A receita líquida acumulada no primeiro semestre subiu 11% contra igual intervalo do ano passado, para R$ 4,781 bilhões.

O resultado financeiro ficou positivo em R$ 2,017 bilhões, ante um valor negativo de R$ 1,425 bilhão no primeiro semestre de 2015.