Fibria aumenta preço da celulose na Europa e nos Estados Unidos

Como era esperado, a Fibria subiu os preços da tonelada da celulose vendida para a Europa e a América do Norte

São Paulo – A Fibria elevou os preços da celulose fibra curta na Europa e Estados Unidos, com validade a partir de 1º de janeiro de 2017.

Na Europa, o novo preço lista vai para US$ 680 por tonelada e nos Estados Unidos sobe para US$ 860 por tonelada.

No dia 21 de novembro, a Fibria já havia anunciado um aumento de US$ 20/t para o mercado asiático, que passou para US$ 550/t, com validade desde o dia 1º de dezembro.

Já no dia 30 de novembro, durante o Vale Day, em Nova York, a companhia deu indícios de que avaliava a possibilidade de aumentar os preços na Europa e nos Estados Unidos.

O diretor comercial da Fibria, Henri Phillippe Van Keer, falou que a demanda global para celulose vai continuar forte no ano que vem e deve crescer 1,35 milhão de toneladas, com a expansão não concentrada na China, como ocorreu este ano.

“O primeiro passo foi o aumento dos preços na Ásia e então o próximo passo será na Europa e Estados Unidos”, disse o executivo, na ocasião.