FedEx registra 35% de aumento em seu lucro de 2014

A FedEx anunciou um aumento de 35% do lucro líquido de seu ano fiscal 2014, no qual seus lucros atingiram US$ 2,1 bilhões

Nova York – A FedEx anunciou nesta quarta-feira um aumento de 35% do lucro líquido de seu ano fiscal 2014, no qual seus lucros atingiram US$ 2,1 bilhões, graças ao maior volume de mercadorias transportadas e a melhor eficiência interna.

A segunda maior companhia mundial de transporte de produtos atingiu receita de US$ 45,6 bilhões (3% mais) e o lucro por ação aumentou para US$ 6,75, dos US$ 4,91 do ano fiscal 2013, segundo detalhou em comunicado.

No último trimestre, período que chama mais atenção dos analistas de Wall Street, a FedEx alcançou um lucro líquido de US$ 730 milhões (US$ 2,46 por ação), desde os US$ 303 milhões (US$ 0,95 por ação) do mesmo período do ano fiscal anterior.

Apesar de seu bom momento atual, essa diferença trimestral foi tão grande porque no quarto trimestre do ano fiscal 2013, a companhia com sede em Memphis (Tennessee) registrou várias acusações importantes dentro de seu processo de reestruturação.

Os analistas tinham previsto lucro de US$ 2,36 com receita de US$ 11,660 bilhões (que finalmente foi de US$ 11,8 bilhões).

Para o ano fiscal 2015, a FedEx prevê lucro ainda maior, entre US$ 8,50 e US$ 9,00 por ação.

“Um quarto trimestre extraordinário ajudou a FedEx a conseguir sólidos resultados no ano fiscal 2014, e achamos que estamos bem posicionados para um 2015 forte”, assinalou no comunicado Frederick Smith, presidente e executivo-chefe da companhia.

A FedEx anunciou em maio passado que começaria a cobrar os envios também pelo volume e não só pelo peso, uma política que foi seguida muito pouco depois por seu principal rival e maior empresa do setor, a UPS.