Fashion Business gera R$ 253 milhões em negócios

Em sua quinta edição, evento paralelo à Fashion Rio atraiu 5 500 visitantes e 65 expositores

As grandes grifes não vivem apenas de lançar tendências. O mercado da moda gera, a cada dia, mais negócios. Um exemplo foi a Fashion Business, feira de moda que movimentou 253 milhões de reais em negócios entre 11 e 15 de janeiro. A cifra é 17,6% maior que os 215 milhões registrados em janeiro de 2004. O valor envolve tanto os contratos fechados durante o evento, quanto as estimativas de vendas que devem ser concretizadas nos próximos 120 dias a partir de contatos iniciados na feira.

Em sua quinta edição, a Fashion Business tem como objetivo reunir lojistas e confecções para facilitar os contatos comerciais. Nesta edição, a feira contou com 65 expositores, dos quais 46 grifes, 15 pólos regionais de moda e quatro estilistas autônomos, que mostraram suas criações para a próxima temporada outono-inverno. Segundo a Escala Eventos, organizadora da Fashion Business, o volume de vendas desta edição representa 16% de crescimento sobre a mostra de outono-inverno de janeiro de 2004.

O Rio de Janeiro foi o estado mais representado entre as grifes, com 24 confecções, seguido por Minas Gerais (13) e São Paulo (6). O evento atraiu 5 500 visitantes, mais do que o dobro da última edição.

O Fashion Business é uma feira paralela à Fashion Rio a semana oficial de moda do Rio de Janeiro. Os desfiles da 19ª edição do evento exibiram as tendências para a próxima temporada outono-inverno. O evento reuniu 26 grifes e contou com mais de 80 mil visitantes. O Fashion Rio é um dos dois principais eventos do calendário oficial de moda do Brasil, criado em 1996 pelas associações do setor. O próximo é o São Paulo Fashion Week, entre 19 e 25 de janeiro, que contará com 50 desfiles, entre grifes e estilistas. A semana paulista é considerada o principal acontecimento da moda brasileira.