Facebook negocia com ex-porta-voz de Obama

Segundo o jornal The New York Times, Robert Gibbs recebeu uma proposta milionária para deixar a campanha de reeleição do presidente americano e entrar na empresa

Nova York – Os funcionários da rede social Facebook estão negociando a contratação de Robert Gibbs, ex-porta-voz da Casa Branca e antigo assessor do presidente Barack Obama, para incorporá-lo ao departamento de comunicação da empresa, informa nesta segunda-feira o jornal “The New York Times”.

Gibbs, que deixou de ser porta-voz da Casa Branca em fevereiro, teria recebido uma oferta milionária para trabalhar no Facebook antes de a empresa abrir seu capital no mercado financeiro, uma esperada operação que poderia ocorrer no início de 2012, detalharam fontes anônimas ao diário nova-iorquino.

O ex-porta-voz deixou o cargo no Governo para se tornar assessor externo de Obama, sobretudo para planejar a campanha de reeleição do presidente em 2012, indicaram as mesmas fontes.

No entanto, os responsáveis do Facebook estariam pressionando Gibbs para que, bem antes do fim do processo eleitoral do ano que vem, ele aceite um emprego que lhe renderia “milhões de dólares”, além de ações da companhia que ela passe a cotar na bolsa de valores.

Segundo “The New York Times”, Gibbs teria consultado nas últimas semanas vários de seus colegas na Casa Branca sobre se deveria aceitar o trabalho no Facebook, uma companhia que alguns investidores avaliaram em US$ 60 bilhões.

O jornal também revela que Gibbs manteve reuniões recentemente com outras empresas em busca de emprego no setor privado.

Gibbs foi substituído como porta-voz da Casa Branca em fevereiro passado pelo veterano jornalista Jay Carney, que até então era o porta-voz do vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.