Ex-presidente da TAM comandará WTorre

Marco Antonio Bologna assume o cargo de diretor-geral da empresa, que continua sendo presidida por Walter Torre Jr.

Pouco mais de dois meses após deixar a presidência da TAM, o ex-presidente da companhia, Marco Antonio Bologna, assume o comando da construtora WTorre. Sob o cargo de diretor-geral, Bologna será responsável pela implementação das estratégias do grupo, que continua sendo presidido por Walter Torre Jr.</p>

Desde novembro do ano passado, Bologna fazia parte do conselho de administração da holding TAM Empreendimentos e Participações.  A tragédia com o Airbus da companhia, em julho do ano passado, entrou para a história como o maior acidente aéreo do país, aumentando ainda mais as pressões sobre o executivo, que já sofria com as duras críticas do mercado e dos acionistas por não encontrar uma nova identidade para a TAM.

Após o acidente, Bologna passou a ser pressionado não só pelos acionistas e conselheiros da TAM, mas também pelo governo, que queria se ver livre de responsabilidade no caso. Os parentes das vítimas queixavam-se da morosidade das indenizações e da falta de atenção por parte da empresa, enquanto os funcionários esperam por uma redução na jornada de trabalho, considerada perigosa principalmente pelos pilotos e comissários de bordo.

Pressionado por todos os lados, Bologna entregou a presidência da companhia a David Barioni Neto – contratado dois meses antes para a vice-presidência de Operações – e passou a integrar o conselho de administração da holding TAM Empreendimentos e Participações, até ser contratado pela WTorre.