Europa eleva vendas da Peugeot apesar de queda em outros

Vendas de automóveis da PSA Peugeot Citroën no primeiro semestre cresceram 5,5%, disse a montadora francesa nesta quinta-feira

Paris – As vendas de automóveis da PSA Peugeot Citroën no primeiro semestre cresceram 5,5 por cento, disse a montadora francesa nesta quinta-feira, com a recuperação na Europa e a expansão na China compensando um colapso nas vendas gerado por efeitos cambiais no restante do mundo.

As vendas subiram para 1,54 milhão de veículos no período de janeiro a junho, ante 1,46 milhão de unidades no ano anterior, disse a Peugeot em um comunicado.

A montadora sediada em Paris, que se esforça para voltar à lucratividade sob o novo presidente-executivo Carlos Tavares, ampliou sua fatia no mercado Europeu com a ajuda de novos modelos e uma recuperação na demanda na França, na Espanha e na Grã-Bretanha.

As vendas subiram 28 por cento na China, onde o grupo está se recuperando ao ampliar a produção em joint ventures separadas com a Dongfeng Motor -que tem 14 por cento na montadora francesa- e a Changan Automobile.

No entanto, a Peugeot culpou um enfraquecimento nas moedas de mercados emergentes por uma queda brutal nas vendas em quase todos os outros grandes mercados.

“A taxa cambial do rublo para euro é particularmente devastadora”, disse o chefe da marca Peugeot, Maxime Picat, a repórteres em Paris.