EUA: Fiat Chrysler convoca recall de 4,8 milhões de carros por defeito

Medida foi motivada por defeito no controle de velocidade que poderia impedir a frenagem de veículos

A Fiat  Chrysler pediu nesta sexta-feira (25) um recall de 4,8 milhões de carros nos Estados Unidos para detectar um defeito no controle de velocidade que poderia impedir a frenagem e causar perda de controle do veículo.

A empresa observou, no entanto, que não foram registrados acidentes atribuíveis a essa falha.

Este pedido de reparo é um dos maiores já feitos da América do Norte e ocorre quando milhões de americanos começam um fim de semana que incluirá um feriado na segunda-feira.

A Fiat Chrysler (FCA US) disse que o problema será reparado através da atualização de um programa.

A maioria dos veículos inclui os mais populares, como Jeep Grand Cherokee (2014-18), Jeep Cherokee (2014-18), Jeep Wrangler (2018), as picapes RAM 1500 (2014-2019), RAM 2500 e RAM 3500 (2014-2018).

Os modelos Chrysler 200 e 300, Pacifica e Dodge também devem ser atualizados.

De acordo com a Fiat Chrysler, os pilotos poderiam perder o controle do carro em aceleração total e não poderiam nem mesmo frear ou desligá-lo.