Esta rede de hotéis ajuda a concorrência (e ganha com isso)

De olho em hotéis independentes, a rede Nobile Hotéis criou uma plataforma para compra de produtos e reservas de quartos

São Paulo – Quando se pensa no segmento de hotelaria, as grandes marcas são as primeiras que vêm à mente, como Marriott, Hilton ou Accor. No entanto, mais de metade dos hotéis no Brasil são independentes, sem participar de nenhuma grande rede.

De acordo com relatório da Jones Lang LaSalle, os hotéis independentes com mais de 20 apartamentos representam 53% da oferta hoteleira nacional, o que equivale a 5.400 hotéis, com 298.325 quartos disponíveis em todo país.

Mesmo sendo maioria, esses empreendimentos não têm a força de investimento, marketing e poder de compra dos seus concorrentes mais parrudos. Foi pensando em suprir essas necessidades que surgiu a plataforma de compras Hotel Shop e a marca Ameris by Nobile.

Uma das desvantagens dos hotéis menores é que não têm tanto poder de compra quanto as grandes redes. Dessa forma, não conseguem descontos tão bons ao adquirir roupa de cama, toalhas, alimentos ou mobiliário, por exemplo. “É muito diferente comprar para 80 quartos a comprar para 8.000”, afirmou o presidente da Nobile Hotéis, Roberto Bertino.

Na plataforma Hotel Shop, o empreendedor cadastrado tem acesso a produtos com desconto maior, como se fosse um clube de compras coletivas. A plataforma estará no ar a partir de 1º de julho de 2018.

Os pequenos empreendimentos ganham acesso a novas tecnologias e possibilidades. Em parceria com Desbravador Software, Vega IT e Visiotech, a Nobile pode desenvolver sites e sistemas mais avançados para os parceiros.

Além de um sistema de compras, a Nobile também criou sua softbrand, a marca Ameris by Nobile. Assim, os empreendimentos passam a ter acesso a canais de distribuição, como grandes agências de turismo, aos quais os empreendedores não teriam acesso de outra maneira, pelo alto custo.

Para isso, a empresa seleciona os empreendimentos pelas fotos enviadas pelos candidatos e procura não ter muitas opções concentradas em uma mesma área. Elas passam a adotar, logo após o nome do hotel, a marca Ameris by Nobile.

Em poucos meses semanas desde o lançamento, 64 hotéis já se inscreveram, acrescentando 6.200 quartos ao sistema da Nobile. O objetivo é terminar o ano com 100 hotéis cadastrados e 240 até o fim de 2019.

“Não queremos uma competição entre os hotéis, mas sim um portfólio qualificado”, afirmou Bertino.

A Nobile não cobra pela afiliação e recolhe uma taxa pelos quartos que foram reservados a partir da plataforma e uma porcentagem pelas compras. O faturamento com a plataforma já é de 8 milhões de reais.

A Nobile

Roberto Bertino fez sua carreira no segmento de hotelaria. Ele trabalhou por muitos anos no hotel de sua família e mais tarde atuou em uma grande rede hoteleira. Há alguns anos,  decidiu empreender e abriu uma administradora hoteleira.

Os ativos imobiliários são de terceiros, que contratam a Nobile para tocar o dia a dia da operação. A empresa é responsável pela limpeza, compras, atendimento, reservas, entre outros. Os lucros são, depois, distribuídos como dividendos.

Já há 52 hotéis sob sua administração, com 9 mil quartos em todos os empreendimentos. O faturamento de 2017 foi de 264 milhões de reais e a previsão é fechar 2018 com faturamento de 320 milhões de reais.

Além do Brasil, também atua o Paraguai e planeja abrir oito empreendimentos no exterior em 2019, no Chile, Argentina, Paraguai e Uruguai.