Engie vai exercer direito de preferência na compra da TAG

Posicionamento é referente à intenção da Petrobras de vender sua participação de 10% na Transportadora Associada de Gás

Rio de Janeiro — A Engie pretende exercer direito de preferência de compra da fatia remanescente de 10% da Petrobras na Transportadora Associada de Gás (TAG), empresa de gasodutos que foi arrematada este ano por consórcio liderado pela francesa, disse nesta terça-feira Maurício Bähr, diretor-presidente Engie Brasil Energia.

Segundo ele, esse tema deve ser discutido já no primeiro semestre do ano que vem.

“Isso vai chegar na mesa em breve e a gente tem direito de preferência. Nosso desejo é exercer o direito de preferência, e acho que já no ano que vem… acredito que no primeiro semestre”, disse ele a jornalistas, após participar de evento no Rio de Janeiro.

A Engie e o fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ) pagaram cerca de 33,5 bilhões de reais para a Petrobras por 90% da TAG. Segundo ele, a Engie teria direito de preferência para comprar de 65% a 70% da fatia restante da Petrobras na TAG.