Enel busca aquisições de médio porte e vê oportunidades no Brasil

Maior empresa do setor elétrico da Europa, a Enel, está buscando aquisições fora da Europa, com a América Latina em foco

Milão/Londres – A maior empresa do setor elétrico da Europa, a Enel, está buscando aquisições de médio porte de ativos regulados principalmente fora da Europa, com a América Latina em foco, disse seu presidente-executivo à Reuters.

“Estamos olhando para acordos inferiores a 5 bilhões de euros… Várias oportunidades estão chegando ao mercado no Brasil”, disse Francesco Starace em entrevista, acrescentando que essas oportunidades são principalmente redes reguladas.

A Enel, controlada pelo Estado, possui uma participação majoritária na concessionária espanhola Endesa e está investindo em energia verde e redes para enfrentar a crise na geração tradicional de energia.

Líder em energia na Itália, a Enel obtém 47 por cento de seus lucros principais de empresas de rede reguladas, nas quais planeja gastar cerca de um terço de seu orçamento de crescimento de 14,6 bilhões de euros.

No ano passado, a empresa comprou a brasileira de distribuição de energia Celg-D por cerca de 640 milhões de dólares.