Empresas lucraram 41,4% menos no país de janeiro a março

Dados da consultoria Economática mostra que o lucro das 317 companhias listadas na bolsa caiu 41,4% no período

São Paulo – As empresas brasileiras de capital aberto lucraram 41,4% menos no primeiro trimestre deste ano, em comparação com o primeiro trimestre de 2014, segundo dados da consultoria Economática divulgados hoje.

Os dados consideram a amostra da Vale, cujo prejuízo foi o maior do ano até agora, de 9,53 bilhões de reais negativos. De janeiro a março de 2014, a companhia acumulava um lucro de 5,9 bilhões de reais.

Desconsiderando a Vale, o lucro líquido das 316 empresas listadas na BM&FBovespa apresentou uma queda de 2,8 bilhões de reais, volume 7,41% menor em relação ao ano anterior. 

O mais lucrativo

De acordo com o levantamento, o setor bancário foi o que concentrou maior lucro entre os 24 listados na bolsa.

Apenas no primeiro trimestre de 2015 ante o de 2014 o crescimento foi de 42,8% a mais – no total, os bancos lucraram juntos 17,7 bilhões de reais no período.

Entre as 20 empresas mais lucrativas, 5 eram instituições bancárias, lideradas pelo Banco do Brasil, cujo lucro mais que dobrou e atingiu 5,81 bilhões de reais.

Uma análise mais detalhada sobre os setores fará parte do Melhores & Maiores 2015 da Revista EXAME, que será lançado em 1º de julho.