Embraer vai mudar produção do Phenom para EUA, diz sindicato

A partir de 2016, o jato executivo Phenom terá sua produção transferida para a fábrica da Embraer nos EUA, segundo Sindicato dos Metalúrgicos

São Paulo – A Embraer vai transferir a produção do jato executivo Phenom do Brasil para sua fábrica nos Estados Unidos a partir de 2016, informou nesta segunda-feira o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, citando reunião com a empresa realizada na sexta-feira.

Segundo comunicado da entidade, a mudança da produção parte de estratégia de mercado da empresa e de projeto de ampliação de espaço físico de fábrica da Embraer em São José dos Campos, no interior de São Paulo.

Representantes da Embraer não puderam comentar o assunto de imediato.

O sindicato informou que o setor que produz o modelo movimenta atualmente cerca de 1.500 trabalhadores, direta e indiretamente. Em 2014, a Embraer entregou 116 aviões executivos, dos quais 92 de modelos de pequeno porte que incluem a família Phenom, de um total de 208 aviões enviados a clientes durante todo o ano.

A entidade afirmou que vai iniciar uma campanha contra a “desnacionalização” dos aviões Phenom que afeta o nível de emprego no setor aeronáutico.

*Texto atualizado às 19h11