Embraer quer ter até 20% do mercado de cargueiros médios

As primeiras 28 aeronaves a Embraer já garantiu, com a assinatura, hoje, de um contrato com o Comando da Aeronáutica

Gavião Peixoto – O presidente da Embraer Defesa & Segurança, Jackson Schneider, afirmou na tarde desta terça-feira, 20, que a expectativa da companhia com seu novo KC-390 é ter uma fatia de entre 15% e 20% do mercado de cargueiros médios em 20 anos.

A estimativa é que o segmento demandará 7.728 aeronaves neste período.

As primeiras 28 aeronaves a Embraer já garantiu, com a assinatura, hoje, de um contrato com o Comando da Aeronáutica, para a entrega em 10 anos, para a produção seriada do KC-390, com a primeira entrega programada para o final de 2016.

O valor total do contrato é de R$ 7,2 bilhões e inclui também o fornecimento de um pacote de suporte logístico com peças sobressalentes e manutenção.

“Esse anúncio abre caminho para vendermos novas aeronaves… Agora vamos atrás de outros contratos, temos 32 cartas de intenções já assinadas com outros países que queremos transformar em contratos firmes, e outros países que já estão conversando conosco para eventual possibilidade de aquisição”, disse a jornalistas, após evento de celebração do primeiro contrato e inauguração do hangar onde o avião será produzido.

Schneider não deu prazo para a transformação das cartas em contratos nem revelou quais ou quantos seriam os países com negociações. As carta já assinadas são com Argentina, Chile, Colômbia, Portugal e República Tcheca.

O ministro da Defesa, Celso Amorim, também destacou que o contrato assinado com a Aeronáutica para a compra dos 28 KC-390 dá um sinal de segurança para outros países.

“(O contrato) serve como garantia para que outros possíveis clientes mundo afora possam ter a certeza de que o avião está também sendo usado pela nossa Força Aérea”, disse, destacando que a aeronave será importante para a Defesa do Brasil e para o desenvolvimento da “indústria do conhecimento”.

Amorim destacou que o avião é mais moderno, em desenho e tecnologia, e rápido que seus concorrentes atuais. Schneider acrescentou que a aeronave terá multifuncionalidades com uma única versão, o que também deve ser considerado como diferencial competitivo.

O KC-390 é um cargueiro de médio porte que está sendo desenvolvido pela Embraer, em parceria com a Força Aérea Brasileira (FAB) desde 2009.