Embraer fecha negócio de US$ 1,4 bi com Flexjet

Negócio inclui uma frota de jatos executivos fabricados pela Embraer, como os Praetor e o Phenom 300, e tem valor total de até US$ 1,4 bilhão

São Paulo — A Embraer fechou nesta segunda-feira, 21, um acordo com a Flexjet, empresa americana que oferece leasing e propriedade compartilhada de jatos particulares. O negócio inclui uma frota de jatos executivos fabricados pela Embraer, como os Praetor e o Phenom 300, e tem valor total de até US$ 1,4 bilhão, conforme os preços de lista das aeronaves.

Conforme comunicado da Embraer, o acordo foi incluído na carteira de pedidos (backlog) do segundo trimestre.

Veja também

“Temos orgulho em introduzir os jatos Praetor no mercado de propriedade compartilhada e oferecer aeronaves tecnologicamente avançadas das categorias supermédio e médio aos nossos clientes”, afirmou, em nota, o CEO da Flexjet, Michael Silvestro.

A empresa será a primeira cliente frotista dos Praetor, modelos que foram recentemente homologados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Federal Aviation Administration (FAA) e Agência Europeia para a Segurança da Aviação (European Aviation Safety Agency – EASA).