Embraer esclarece que carteira de pedidos soma US$ 22,8 bi

A empresa informa também que foram entregues 51 aeronaves entre os meses julho e setembro, sendo 21 jatos para aviação comercial e 30 para aviação executiva

São Paulo – A Embraer divulgou nesta quinta-feira, 15, nota em que corrige o dado de pedidos firmes a entregar (backlog) ao final do terceiro trimestre de 2015. O valor totaliza US$ 22,8 bilhões, e não US$ 22,1 bilhões como a companhia havia informado mais cedo.

A empresa informa também que foram entregues 51 aeronaves entre os meses julho e setembro, sendo 21 jatos para o mercado de aviação comercial e 30 para o de aviação executiva – no mesmo período do ano passado foram entregues 34 aeronaves, sendo 19 comerciais e 15 executivas.

Dentro do segmento de aviação comercial, a Embraer entregou 20 jatos modelo 175 e um do modelo 195. No segmento executivo, foram entregues 21 jatos leves e nove jatos grandes.

A empresa destaca no trimestre o pedido feito pela SkyWest por 18 jatos E175, com valor estimado de US$ 800 milhões com base nos preços atuais de lista.

A Embraer também ressalta as entregas dos primeiros jatos da categoria midsize Legacy 500 para o México, operados pela Transpaís Aero, e para a Flexjet LCC.

Além disso, a companhia ainda coloca entre os destaques do trimestre a obtenção da certificação do jato executivo da categoria mid-light Legacy 450 pelas autoridades aeronáuticas do Brasil, dos Estados Unidos e da Europa. Segundo a Embraer, a certificação abre “perspectivas de negócios em um novo nicho”.

Ao final de setembro, a empresa mantinha em carteira 1.668 pedidos firmes e 698 opções.