Em meio a escândalo com prostitutas, ex-presidente do Citi se aposenta

John Havens está deixando a presidência do conselho da empresa Napier Park por ter solicitado serviço de prostituição nos Estados Unidos

São Paulo – O ex-presidente do Citigroup John Havens está deixando a presidência do conselho da empresa Napier Park Global Capital (um spinoff do Citi), depois de se ver em meio a um escândalo. Havens é um dos 25 homens que foram presos pela polícia de Jupiter, na Flórida, por ter solicitado serviço de prostitutas em vários locais do estado americano.

Ele já foi solto, mas as penas podem variar de um ano de cadeia a uma multa de 5 000 dólares ou 100 horas de serviços comunitários.

Havens ficou conhecido por ter conseguido estabilizar o Citigroup durante a crise econômica mundial de 2008. Ele entrou para o banco depois que sua gestora de hedge fund e private equity, que ele co-fundou com Vikram Pandit, foi adquirida pelo Citi. Antes disso, ele trabalhou por duas décadas no Morgan Stanley.

Outro nome conhecido da lista de presos é o de Robert Kraft, dono do time de futebol americano New England Patriots.