Microsoft estaria privilegiando Mulally e Nadella

Conselho está se focando no presidente da Ford e no executivo interno Satya Nadella como parte de um grupo de candidatos mais prováveis

Seatle/Nova York – O conselho da Microsoft Corp. está se focando no presidente da Ford Motor Co., Alan Mulally, e no executivo interno Satya Nadella como parte de um grupo de candidatos mais prováveis a se converterem no próximo presidente da maior companhia de software do mundo, segundo fontes do setor.

Embora o candidato interno Tony Bates e o ex-presidente da Nokia Oyj, Stephen Elop, continuem na discussão, atualmente se considera menos provável que o cargo seja oferecido para eles, disseram as fontes, que solicitaram o anonimato porque as deliberações são privadas. As preferências continuam fluindo e outras pessoas estão sendo consideradas e poderiam acabar sendo as favoritas, disse uma das fontes, que não identificou candidatos.

O comitê está procurando um substituto rápido para quem é presidente há muito tempo, Steve Ballmer, que disse em agosto que se aposentará dentro dos próximos 12 meses. A companhia sediada em Redmond, Washington, viu como sua liderança em software caiu em meio a um retrocesso do mercado de computadores pessoais, que constituía seu principal negócio. A Microsoft está mudando a estratégia para se focar mais no hardware e nos serviços baseados na Internet e se afastar das suas raízes no software enquanto concorre com a Apple Inc. e a Google Inc.

Frank Shaw, porta-voz da Microsoft, não quis comentar ou disponibilizar executivos para que comentassem o assunto ontem. Susan Sheehan, porta-voz da Nokia, que continua sendo a empregadora de Elop, não quis fazer comentários.

“Não há mudanças a respeito do que anunciamos em novembro do ano passado”, disse Jay Cooney, porta-voz da Ford. “Alan continua totalmente debruçado sobre realizar o nosso plano One Ford. Não nos dedicamos a especulações”.

Reunião do conselho

Em 18 de novembro, o conselho se reuniu para tentar a busca de um presidente, disse Bill Gates, presidente do conselho e cofundador da companhia, em uma reunião com acionistas na semana passada. Gates disse que ele e outros diretores se reuniram com “muitos candidatos a presidente”. Ele não quis dar prazos exatos para a decisão, acrescentando que “é um lugar complexo para ser preenchido”.

Ballmer estava sorridente no evento com os acionistas, descrevendo-o como uma “reunião divertida” comparada à lacrimosa mensagem de despedida que ele deu aos funcionários em uma reunião interna com a companhia inteira em setembro.

O conselho visa decidir-se sobre um candidato neste ano, porém um anúncio poderia ser adiado até começo do ano que vem, disse uma das fontes.

Um documento preparado pelo conselho para a busca do presidente descreve o candidato ideal como alguém com “muitos antecedentes na gestão de organizações globais e complexas em um setor do mercado de ritmo rápido e muito competitivo; antecedentes de bons resultados com a receita e com os lucros. Capacidades provadas para liderar uma organização multibilionária e uma grande base de funcionários”, disseram fontes do setor.