Eletrobras prevê reduzir custos com dívida para R$3,2 bi em 2017

O presidente da companhia afirmou ainda que a elétrica pretende utilizar recursos arrecadados com plano de desinvestimentos para pagar dívidas mais caras

Rio de Janeiro – A estatal Eletrobras pretende reduzir os custos com serviço da dívida em 2017 para 3,2 bilhões de reais, ante 4,2 bilhões de reais neste ano, afirmou nesta sexta-feira o presidente da companhia, Wilson Ferreira Jr.

O executivo, que participou de conversa com jornalistas na sede da empresa no Rio de Janeiro, afirmou ainda que a elétrica pretende utilizar os recursos arrecadados com um plano de desinvestimentos para pagar dívidas mais caras, o que abrirá espaço para a empresa tomar novos empréstimos.

Mais informações em instantes