Eletrobras prevê desinvestimentos de R$ 4,6 bi entre 2018 e 2022

Estatal diz que os desinvestimentos ajudarão a reduzir o endividamento da empresa

São Paulo – Em fato relevante publicado na madrugada desta segunda-feira, 18, a Eletrobras, afirma que os desinvestimentos previstos pela empresa incluem um total de 77 Sociedades de Propósito Específico (SPEs) e seis outorgas corporativas, que totalizam cerca de R$ 4,6 bilhões, em valor contábil na data base de 30 de junho de 2017.

Em seu Plano Diretor de Negócios e Gestão para o quinquênio 2018-2022, a estatal diz que os desinvestimentos ajudarão a reduzir o endividamento da empresa, “através do pagamento de dívidas com o valor obtido com a venda das participações acionárias e ativos corporativos”.

Os desinvestimentos estão previstos no segundo pilar a ser seguido pela Eletrobras, que é a Disciplina Financeira. O Plano Diretor de Negócios da empresa possui cinco pilares estratégicos.