Eletrobras prevê concluir obras em 2018, com duas exceções

Ao falar sobre a conclusão de obras, CEO deixou de fora da lista a mega hidrelétrica de Belo Monte e a usina nuclear de Angra 3

São Paulo – A estatal Eletrobras deverá concluir até o final do próximo ano todos seus empreendimentos de geração e transmissão de energia atualmente em construção, incluindo os que estão com atrasos, disse a jornalistas nesta terça-feira o presidente da companhia, Wilson Ferreira Jr., que deixou de fora da lista apenas a mega hidrelétrica de Belo Monte e a usina nuclear de Angra 3.

O executivo disse também que o Conselho de Administração da companhia deve autorizar em reunião em 15 de dezembro a venda de um pacote de fatias da estatal em ativos de geração eólica e linhas de transmissão que já estão em operação.

O processo, antes previsto para o início do mês, teve pequeno atraso para adaptação da modelagem do negócio a um decreto publicado recentemente pelo governo com regras para a venda de ativos por estatais, segundo Ferreira.

Ele disse que a Eletrobras prevê concluir tanto a venda dessas participações minoritárias em ativos quanto a de seis distribuidoras de eletricidade do grupo “no máximo” até o final do primeiro semestre de 2018.