Eike diz na CPI do BNDES que voltará logo ao mercado

Segundo Eike, os últimos relatórios de levantamento patrimonial mostram que seu patrimônio, que já chegou a US$ 30 bilhões, está hoje negativo em US$ 1 bilhão

Brasília – O empresário Eike Batista afirmou nesta terça-feira, 17, que espera concluir negociações com credores em até dez dias para retornar ao mercado e reconstruir seu patrimônio.

Segundo Eike, os últimos relatórios de levantamento patrimonial mostram que seu patrimônio, que já chegou a US$ 30 bilhões, está hoje negativo em US$ 1 bilhão.

Depois de ser considerado o sétimo homem mais rico do mundo em 2012 pela revista Forbes, Eike viu suas companhias entrarem em colapso e foi obrigado a ceder o controle das empresas a bancos.

“Não estou falido, porque estou negociando com credores. Espero negociar nos próximos dez dias e espero comunicar que voltei ao mercado com um patrimônio possível para poder reconstruir”, disse em depoimento à CPI do BNDES.

“O senhor é um fenômeno”, afirmou em tom irônico o deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), um dos requerentes do depoimento. “Eu sei”, respondeu prontamente Eike Batista.