Eike acerta venda de 49% da AUX para fundo do Catar

O Qatar Investment Authority vai comprar a participação por US$ 2 bilhões

São Paulo – O bilionário Eike Batista está fechando a venda de uma participação de 49 por cento na AUX, seu negócio de ouro, para o fundo soberano Qatar Investment Authority por US$ 2 bilhões, de acordo com uma pessoa com conhecimento da operação.

Eike disse ontem no Rio de Janeiro que tinha vendido uma participação na AUX, unidade da holding EBX Brasil SA, sem revelar o nome do comprador ou o valor da transação.

Um funcionário da EBX no Rio não quis comentar quando procurado pela Bloomberg. Um representante do fundo de Catar em Londres não quis comentar.

Fundos estatais da Ásia têm ampliado investimentos em commodities e ativos de energia após amargarem o resultado de apostas em ações do setor financeiro em seguida ao colapso do Lehman Brothers Holdings Inc. em 2008 que levou à crise financeira global.

Eike disse em outubro que a AUX valia US$ 5 bilhões e tinha 7,2 milhões de onças em reservas de ouro depois da aquisição da Ventana, empresa sediada em Vancouver, em março de 2011. A mina colombiana de La Bodega, da AUX, também tem depósitos de cobre e prata.

As conversas para a venda de uma parte da EBX para um grupo asiático continuam e a decisão está próxima, disse Eike ontem.