Censo elege os melhores delegados do Brasil

O portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social divulgaram na última semana o Censo 2018, com a lista dos Melhores Delegados de Polícia do Brasil.

O Censo tem a finalidade de diferenciar e reconhecer os delegados que se destacarem em diversas atividades, dentre elas jurídica, investigativa, atendimento à mulher, parlamentar e de gestão, por meio da eficiência e qualidade dos serviços prestados. Os profissionais escolhidos foram avaliados por usuários e colaboradores que visitaram o Portal Nacional dos Delegados e suas redes sociais.

Nesta lista estão Henrique Hoffmann, delegado da Polícia Civil do Paraná e Eduardo Fontes, delegado da Polícia Federal, ambos coordenadores da Pós-graduação em Segurança Pública do CERS, maior rede preparatória para concursos públicos, OAB e carreiras jurídicas. Além deles, Ruchester Marreiros Barbosa, delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro e professor de investigação criminal, direito penal especial e legislação penal especial do CERS, também foi reconhecido pela premiação.

“A principal arma da Polícia Judiciária é o conhecimento, como sempre ressalto aos policiais quando ministro cursos de formação e aperfeiçoamento. Evidentemente a arma de fogo e os demais instrumentos não letais continuam sendo fundamentais para o trabalho policial, porém é pela tomada de decisões qualificadas que os policiais civis se destacam e fornecem um serviço público de excelência”, comenta Henrique Hoffmann.

A metodologia aplicada para seleção dos Melhores Delegados de Polícia do Brasil incidiu em estudos nas mídias sociais, apontamentos de URLs, reputação, repercussão e resultados satisfatórios de serviços, votos coletivos, palestras, histórico de atividades positivas, produções funcionais, policiais e jurídicas, além de habilitações e qualificações oriundas de análises curriculares.