5 motivos para investir em Inbound Marketing

Estratégia passa a ser uma questão de sobrevivência para as empresas

O Inbound Marketing é um conceito de marketing de atração. Na prática, as empresas definem estratégias para atrair potenciais clientes para o seu website ou blog, a partir de conteúdos personalizados e autorais. A estratégia é bastante indicada para vendas complexas, de valores elevados ou que exigem um longo processo até a decisão final dos clientes.

Desta forma, as empresas educam os consumidores em relação aos problemas que vivem ou que poderão enfrentar e, paralelamente, apresentam maneiras de solucioná-los ao oferecer seus produtos e serviços. Quem está procurando um novo imóvel para comprar, por exemplo, certamente será impactado por empresas que atuam com reformas ou vendas de móveis.

“Essa vertente do marketing tem se mostrado como a maneira mais certeira e barata de se promover uma marca, serviços ou produtos. Mas a importância do Inbound Marketing vai além. É também uma questão de sobrevivência para as empresas nesse mundo contemporâneo e digital”, explica Rafael Rez, fundador da Web Estratégica, consultoria de marketing digital.

Pesquisas apontam que empresas que publicam 13 conteúdos mensais recebem 4,2 vezes mais visitas em seus sites e blogs em relação às marcas que não publicam.  O especialista Rafael Rez elenco 5 razões para investir em Inbound Marketing. Saiba quais são.

Facilidade de gestão

Uma vez produzido o conteúdo e ajustado, não é necessário refazê-lo. O inbound marketing funciona como um fundo de investimento: a empresa aplica a estratégia e recebe com rendimento um público interessado em comprar seus produtos ou serviços para o seu funil de relacionamento. É claro que para conquistar resultados assertivos, a estratégia precisa estar adequada aos objetivos da empresa e ao perfil do cliente.

Além do conteúdo de atração (que não pode ser genérico, mas sim inteligente e que atenda as necessidades reais do consumidor), a metodologia de relacionamento também melhora muito a taxa retenção de seus clientes, diminuindo drasticamente a necessidade de sempre prospectar novos públicos para manter a rentabilidade no negócio.

Economia nas operações de marketing

O inbound marketing é 62% mais barato que o marketing tradicional, além de proporcionar um ROI (retorno sobre investimento) médio de 275%. “A ideia não é substituir outras iniciativas de marketing, mas atuar no ambiente digital de forma estratégica e integrada, com custos previsíveis e retorno considerável”, explica Rez.

Fortalecimento no relacionamento com o cliente

Ao nutrir possíveis clientes com conteúdos instrutivos relacionados às suas necessidades, as empresas conseguem tornar suas marcas sempre vivas na mente dos consumidores. “As pessoas preferem comprar de quem elas já conhecem. Gerando conteúdo de valor, elas tenderão a consumir os produtos e serviços de uma empresa por afeição. Não à toa, nutrir leads com conteúdo pode gerar um aumento de 20% em oportunidades de vendas”, explica Rez.

Atuação da marca no momento certo

No marketing tradicional, o cliente é conduzido a consumir um conteúdo que não pediu para ver. Na televisão, por exemplo, o telespectador está assistindo a programação e é interrompido por comerciais que, muitas vezes, não têm relação nenhuma com o seu perfil.

A estratégia não dá resultados como antigamente, já que hoje o usuário sabe que, com a interne, não é mais obrigado a consumir conteúdos que não precisa. “Essa é a grande novidade do Inbound Marketing, ele não invade a vida do consumidor, mas se integra aos interesses, demandas, necessidades e desejos”, comenta Rez.

Autoridade no assunto

O Inbound Marketing contribui para que as empresas também se tornem referência em assuntos correlacionados ao setor de atuação, para isso é preciso desenvolver conteúdos de qualidade. “Desta forma, a empresa poderá ocupar mais espaço na internet quando são pesquisados temas relacionados ao seu segmento, o que pode torna-la uma grande autoridade”, conclui Rez.