Ebitda da italiana Enel cai 5,1% em 2012

A receita da empresa avançou 6,8%

Roma – A Enel SpA, maior empresa de energia da Itália, anunciou nesta terça-feira que seu Ebitda caiu 5,1% em 2012, para 16,7 bilhões de euros (US$ 22,04 bilhões), de 17,7 bilhões de euros no ano anterior, segundo números preliminares. A receita, por outro lado, subiu 6,8%, para 84,9 bilhões de euros.

Os resultados ficaram próximos das previsões de sete analistas consultados pela Dow Jones, que esperavam Ebitda de 16,81 bilhões de euros e receita de 80,86 bilhões de euros. O Ebitda também superou a expectativa da própria Enel. Às 13h47 (horário de Brasília), as ações da empresa subiam 0,67% na Bolsa de Milão. O desempenho da Enel sofre a pressão das recessões mais longas registradas na Itália e Espanha – seus dois maiores mercados – desde a Segunda Guerra Mundial.

A dívida líquida da Enel somava 42,9 bilhões de euros no final de dezembro, ante 46,46 bilhões de euros em setembro. A expectativa era de queda para 43,50 bilhões de euros. A Enel vai divulgar o lucro líquido de 2012 e sua proposta de pagamento de dividendos em março, junto com sua estratégia de crescimento. As informações são da Dow Jones.