Duratex investirá R$94 mi para elevar capacidade em revestimentos

Recursos serão destinados à modernização das linhas existentes e à instalação de nova linha, elevando a capacidade produtiva da Ceusa em 83 por cento

São Paulo – O conselho de administração da Duratex aprovou o investimento de 94 milhões de reais até 2019 para aumentar a capacidade de produção da unidade de revestimentos cerâmicos da marca Ceusa, disse a companhia em comunicado ao mercado nesta segunda-feira.

Os recursos serão destinados à modernização das linhas existentes e à instalação de uma nova linha, elevando a capacidade produtiva da Ceusa em 83 por cento, para 11 milhões de metros quadrados por ano.

“Parte do plano estratégico de longo prazo da Duratex, esse investimento permitirá ampliar a participação no mercado de produtos para construção e decoração, com o foco preciso de aumentar as margens e o retorno das operações nesse segmento”, informou a Duratex.

O investimento será aplicado em fábrica da Ceusa em Urussanga (SC) e segundo a companhia “além de incrementar a produtividade industrial, os novos processos e equipamentos permitirão a fabricação de produtos com maior valor agregado”.

A Duratex, quem tem reduzido sua dependência do mercado de painéis de madeira, comprou 100 por cento da Ceusa em agosto do ano passado, em uma operação de 280 milhões de reais.

A decisão de aumentar capacidade de produção ocorre em um momento em que construtoras estão acelerando lançamento de imóveis no país após fraca atividade em 2017. A Cyrela elevou em 53 por cento o número de novos projetos no segundo trimestre sobre o mesmo período do ano passado. Já a MRV lançou 28 por cento mais na mesma comparação.