Duratex, dona da Deca e Hydra, compra rival Cecrisa

"Essa aquisição traz escala e sinergias importantes para o nosso negócio, deixando a Duratex mais competitiva", disse o presidente da Duratex

SÃO PAULO – A Duratex anunciou na noite de quarta-feira acordo para comprar a fabricante de revestimentos cerâmicos e detentora da marca Portinari Cecrisa por até 539 milhões de reais, ampliando seu portfólio de produtos para construção civil.

A empresa, controlada pela Itaúsa, vai pagar 264 milhões de reais em dinheiro pela aquisição da Cecrisa e os até 275 milhões restantes do valor do acordo serão pagos “na hipótese de verificação futura de determinadas condições suspensivas”, informou a Duratex em comunicado à imprensa.

“O valor da dívida líquida da companhia era 442 milhões de reais. A operação, que está sujeita à aprovação do Cade em conformidade com as normas legais, será realizada sem alterações relevantes na atual estrutura de capital e no endividamento da Duratex”, afirmou a empresa.

“Essa aquisição somada à expansão da Ceusa, anunciada anteriormente, traz escala e sinergias importantes para o nosso negócio, deixando a Duratex mais competitiva”, disse o presidente da Duratex, Joaquim de Oliveira.

A Cecrisa tem capacidade de produção de 20 milhões de metros quadrados por mês em três unidades fabris no Brasil, das quais duas em Santa Catarina e uma em Minas Gerais. A companhia emprega cerca de 1.700 funcionários e teve receita líquida de 652 milhões de reais e lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 112 milhões em 2018.