Dunkin´Donuts volta ao Brasil depois de oito anos

Rede fechou uma parceria com o Grupo OHL para a abertura de 65 lojas no Centro-Oeste nos próximos cinco anos

São Paulo – Dona das rosquinhas doces mais famosas do mundo, a rede americana de café e panificação Dunkin´Donuts está voltando ao Brasil depois de oito anos. O plano é abrir 65 lojas no Distrito Federal e Goiás, nos próximos cinco anos.

A companhia fechou uma parceria com o Grupo OLH, que será a franqueada master da rede de alimentação e responsável pela expansão da companhia por aqui.

A primeira loja está prevista para o próximo semestre, em Brasília, cidade escolhida pelo alto poder aquisitivo por pessoa e aumento de demanda por empresas de alimentação, de acordo com a empresa.

“Sentimos que há uma oportunidade significativa para a Dunkin’ Donuts neste momento”¸ diz Paul Twohig, presidente da Dunkin’ Donuts EUA e Canadá, e da Dunkin’Donuts & Baskin-Robbins Europa e América Latina.

O retorno

A Dunkin´Donuts operou no país até 2005, quando os negócios por aqui começaram a azedar. Alguns de seus pontos, desde aquela época, foram assumidos pela rede Café Donuts que nada tem a ver com a rede americana, apesar de também vender rosquinhas.

A iniciativa de voltar ao Brasil, diz a companhia, ressalta o interesse da empresa em negócios na América Latina, onde ela já conta com 325 restaurantes – 200 deles estão no Chile, Colômbia e Peru.

Além dos cafés, roscas doces, bagels e muffins, a rede americana vai oferecer também lanches, sanduíches e bebidas geladas. Adaptação de produtos nacionais e alimentos lights também estão previstos no cardápio brasileiro da empresa.