Alpargatas encerra 2010 com lucro de R$ 303,1 milhões

Cifra representa um aumento de 147% sobre o ano retrasado

São Paulo – A Alpargatas, dona de marcas como Havaianas e Topper, encerrou 2010 com lucro líquido consolidado de 303,1 milhões de reais. A cifra representa um aumento de 147% sobre os 122,6 milhões do ano retrasado.

A receita líquida, 2,239 bilhões de reais, foi 16,2% maior. Somente no mercado interno, a Alpargatas obteve receita de 1,621 bilhão de reais, com incremento de 18%. Já no mercado externo, o crescimento foi de 11,8%, para 617,4 milhões.

Os custos de produção subiram 11,10%, para 1,218 bilhão de reais. Com o ritmo de receitas mais acelerado que o dos custos, o lucro bruto subiu 23%, para 1,021 bilhão de reais. A margem bruta passou de 43,1% para 45,6%.

O ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) aumentou 38,3%, para 400,3 milhões de reais. Com isso, a margem de ebitda aumentou três pontos percentuais, para 18%.

No ano passado, a Alpargatas vendeu 244 milhões de pares e peças de roupa. O montante é 11,5% maior que o de 2009. As sandálias continuam liderando as vendas, com 216,3 milhões de pares – um aumento de 12,7%. Os artigos esportivos venderam 27,7 milhões de peças, ou 2,6% mais. O mercado interno foi a principal fonte de negócios, com 207,2 milhões de pares de sandálias vendidos, e 17,1 milhões de peças de artigos esportivos.